A Falácia dos 40 milhões de euros pela qualificação para a Champions League

Muitas vezes se ouve, erradamente, a comunicação social e os comentadores a indicarem que o Sporting Clube de Portugal espera alcançar a Liga dos Campeões para conseguir chegar ao pote dos 40 milhões que se ganha com a participação nesta competição.

Depois vê-se Sportinguistas a replicar esta informação falaciosa e que demonstra desconhecimento.

  1. Os prémios da Champions League são definidos trienalmente e ainda está por anunciar os montantes de prémios para o próximo triénio 21/22 – 22/23 – 23/24.
  2. Devido à pandemia, na época transata, foram cancelados 11 jogos das competições europeias. ( 5 jogos na Liga dos Campeões, correspondentes a 4 jogos dos quartos de final, 1 das meias-finais; 5 jogos na Liga Europa, correspondentes a 4 jogos dos quartos de final, 1 das meias-finais; foi ainda cancelado o jogo da Supertaça Europeia. A não realização destes jogos teve implicação na receita de transmissões televisivas, todos jogos de fases finais e por consequência redução de receita.
  3. A UEFA vai ter uma nova competição na próxima época, a UEFA Conference League que, por ser uma 3ª competição e ser jogada simultaneamente com a Liga Europa, duvido que seja uma fonte de grande encaixe financeiro, no entanto parte dos valores da Liga dos Campeões ou Liga Europa, serão para distribuição nesta competição.

Como é óbvio, as receitas de participação na Liga dos Campeões são bastantes superiores à participação na Liga Europa.

  1. O Sporting Clube de Portugal recebeu cerca de 9,1M por ter participado na Liga Europa e se ter qualificado para os 1/16 de final da prova e só o prémio de entrada na Liga dos Campeões neste triénio era de 15,25M.
  2. A importância desta prova também permite que em jogos contra tubarões exista um encaixe significativo de receita de bilheteira, contrariamente aos jogos da Liga Europa. Na última participação na Liga dos Campeões o Sporting, na receita de bilheteira recebeu cerca 2,35M, enquanto que no último ano da Liga Europa recebeu cerca 500K euros.
  3. A visibilidade sobre os jogadores poderá permitir negócios de vendas de jogadores que garantam maiores encaixes financeiros

ENTÃO QUANTO GANHARIA O SPORTING COM UMA QUALIFICAÇÃO PARA A LIGA DOS CAMPEÕES, CASO FOSSEM OS MESMOS MONTANTES DE PRÉMIOS DO ATUAL TRIÉNIO?

  1. O prémio de entrada direta é de 15,25M de euros.
  2. Os montantes que os rivais ganham e que lhes permite encaixar um valor de entrada maior é dependente do ranking de clubes a 10 anos, nos quais se encontravam no top10 ao contrário do Sporting que ocupa o 32º lugar do ranking. São pagos valores de parcelas no valor de 1,108M por cada lugar do ranking, ou seja, o clube que estiver em 1º lugar, receberá 32x esse valor, em 2º lugar 31x esse valor, e assim sucessivamente.

A informação em relação aos prémios das competições europeias pode ser consultada aqui: Como vão ser partilhadas as receitas da UEFA Champions League 2019/20 | UEFA Champions League | UEFA.com

A informação em relação aos ranking a 10 anos pode ser consultada aqui: Ten-year club coefficients | UEFA Coefficients | UEFA.com ou aqui Club Ranking – ECA (ecaeurope.com) 

Se estamos em 32º lugar no ranking apenas receberíamos uma parcela dos 1,108M, a juntar aos 15,25M, certo?

Resposta: Errado, uma vez que serão tidos em conta apenas os clubes participantes nessa Edição

QUANTOS CLUBES COSTUMAM ESTAR, ATRÁS DE NÓS NO RANKING NAS ÚLTIMAS EDIÇÕES ANTERIORES DA PROVA?

  1. 2016/2017 – Ludgorets Razgard; Besiktas; Borússia Monchengladbach; Celtic; FC Rostov; PSV Eindohven; CSKA Moscovo; Légia Varsóvia; Copenhaga; Club Brugge; Dínamo Zagreg (11 equipas)
  2. 2017/2018 – CSKA Moscovo; Celtic; Anderlecht; Qarabag; Spartak Moscovo; Maribor; Feyenord; Besiktas; Leipzig; Mónaco; Apoel (11 equipas)
  3. 2018/2019 – Clube Brugge; Mónaco; PSV Eindhoven; Estrela Vermelha; Galatasaray; Lokomotiv Moscovo; AEK; Hoffenheim; Viktoria Plzen; CSKA Moscovo (10 equipas)
  4. 2019/2020 – Club Brugge; Galatasaray; Estrela Vermelha; Atalanta; Dínamo Zagreb; Lokomotiv Moscovo; Red Bull Salzburgo; Genk; Slávia de Praga; Leipzig; Lille; (11 equipas)
  5. 2020/2021 – Red Bull Salzburgo; Lokomotiv Moscovo; Borússia Monchengladbach; Marselha; Atalanta; Midtyland; Krasnodar; Rennes; Lázio; Club Brugge; Ferencvaros; Leipzig; Basaksehir (13 equipas)

Se considerarmos o nº médio de 11 equipas atrás de nós, receberíamos de entrada 12×1,108M + 15,25M, o que dá 28,546M.

Estes valores são sempre uma estimativa, uma vez que estarão dependentes do anúncio dos montantes do próximo triénio, mas no atual eram variáveis e de acordo com o ranking a 10 anos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *