Anatomia de um rumor do mercado de transferências de jogadores

Existem diversas razões para aparecerem com frequência notícias que associam jogadores de futebol a outros clubes, e o Sporting não é exceção.

Neste momento que já está aberto o período de transferências, somos constantemente bombardeados com informação de que existem jogadores que pertencem ao Sporting a serem, neste momento, referenciados como alvos de outros clubes.

Nuno Mendes é alvo de todos os tubarões da Europa, Matheus Nunes quase certo em Inglaterra, Palhinha cobiçado, Daniel Bragança referenciado na Alemanha, são apenas exemplos mais recentes das notícias sobre rumores de transferências, que tanto podem causar dissabores quando se trata de perder um jogador que nos pertence, que é acarinhado pelos adeptos, mas também poderá ser visto como um bom encaixe financeiro.

Da mesma maneira que as notícias indicam que o mercado está constantemente a querer reforçar-se com os nossos jogadores, também existem notícias sobre os reforços que poderão encaixar no plantel da próxima época. Ricardo Esgaio, João Mário e Rúben Vinagre são alguns dos exemplos mais falados.

Quais são os principais motivos para os rumores do mercado de transferências?

Notícias plantadas pela própria imprensa

O principal propósito da comunicação social é vender informação, ou seja, notícias. Quando existe falta de notícias, terão de ser criadas notícias para sustentarem os seus negócios. Infelizmente, muitas vezes lidamos apenas com rumores que são construídos com base em muito pouco, muitas vezes desmentidos por parte dos clubes, o que é revelador que a informação divulgada não é propriamente uma notícia, mas sim a criação de um rumor, o que até acaba por contrariar a função de um jornalista que se devem reger por um código deontológico. Mas o que importa no momento é noticiar primeiro e a verdade fica para depois disso.

Notícias plantadas pelo clube que pretende vender

O clube que pretende vender poderá plantar uma notícia por diferentes razões, porque pretende fazer um encaixe financeiro significativo, porque pretende chamar a atenção do mercado e valorizar o seu jogador, captando a atenção de clubes maiores que são referenciados na notícia e também poderá ser para conhecer a reação da sua massa adepta em relação à perda desse jogador.

Notícias plantadas pelo clube que pretende comprar

O clube que pretende comprar poderá plantar uma notícia para criar uma expetativa nesse jogador e tornar público o seu interesse, de forma a aliciar o desejo desse mesmo jogador em preferir transferir-se do que continuar no atual clube. Também vai permitir ao clube comprador saber a reação da sua massa adepta em relação à possível vinda desse jogador.

Notícias plantadas pelo empresário do jogador

Hoje em dia, todas as transferências de jogadores de futebol ocorrem através de intermediários. O próprio agente/agência do jogador tem interesse na sua divulgação junto do mercado.

As receitas deste modelo de negócio é através das comissões das transferências de jogadores que, por norma, rondam os 10% do valor da transferência

Como tal, os empresários dos jogadores têm interesse na divulgação de notícias especulativas do mercado, porque facilita um possível encaixe financeiro no clube vendedor e capta a atenção de um clube comprador que veja com bons olhos o negócio. Será assim recompensado através da respetiva comissão e, com isso, ir ao encontro das pretensões do jogador que agencia, que pode ambicionar um melhor salário e participar numa outra liga, de acordo com as suas ambições.

Notícias plantadas por um clube rival

As notícias até podem ser encomendadas por um clube rival. O envolvimento de um nome de um jogador adversário a ser veiculado na imprensa poderá levar a criar uma instabilidade emocional nesse jogador com o intuito de interferir na sua performance desportiva.

A criação de uma expetativa nesse jogador adversário poderá fazer com que o mesmo quebre o seu rendimento ao desfocar a sua atenção do clube atual para colocar o seu foco num desejo de mudar de ares. Notícias que sejam plantadas por um clube rival só fazem sentido durante o período de competições e sabemos que as notícias de rumores de transferências começam a surgir ainda antes do final da época desportiva e da abertura do mercado de verão, tal como a meio da época, quando no mercado de inverno abre outra janela de transferências.

Notícias com base nos olheiros nos estádios

Com os estádios sem público, estas notícias deixam de fazer sentido. Mas como é sabido, quando existe um interesse em determinado jogador, o departamento de scouting do clube que quer adquirir o jogador costuma observá-lo em jogo e marcam, assim, presença no estádio.

Estas situações não passam despercebidas à comunicação social, que conhecendo os clubes que estes mesmos olheiros representam, acabam por noticiar a sua presença na assistência em determinada partida e associá-la ao interesse num jogador da equipa visitada que se tem destacado.

A presença de um olheiro por si só já é reveladora de um interesse, no entanto, muitas vezes são seguidos diversos jogadores para a mesma posição que existe um desejo de uma contratação, o que por si só não permite confirmar se existiu ou existirá uma proposta por determinado jogador.

Independentemente das notícias serem verdadeiras ou tratarem-se apenas de rumores, o importante é sabermos sempre aguardar de forma paciente pelas confirmações oficiais do Sporting, tendo em vista as mudanças do plantel para a próxima época.

Creio que neste mercado de transferências, o Sporting vá avançar para a contratação de um Defesa Lateral Direito que faça concorrência a Pedro Porro, até porque João Pereira retirou-se no final da época para ingressar como técnico na equipa dos sub-23.

São já vários os nomes avançados pela imprensa para esta posição. Ricardo Esgaio, Daniel Wass e Pipa foram os nomes mais falados.

A incerteza sobre a continuidade do João Mário na equipa do próximo ano, uma vez que se encontrava emprestado e não existe, até ao momento, qualquer confirmação de que fará parte da equipa na próxima época, será necessário um jogador para o substituir na sua posição. Manuel Ugarte é o nome mais falado na imprensa, ainda que se trate de um médio com características mais defensivas do que João Mário.

De resto, acredito que o Sporting apenas irá ao mercado fazer aquisições para colmatar a saída de algum jogador que seja vendido.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Espartano