Disputa contra o(s) bicho(s)

Bom sábado para todos. Num dia cheio de jogos, vimos aqui falar da atualidade de mais modalidades. Depois do programa de ontem, temos o sábado como segunda volta pelo mundo das modalidades. Neste sábado, temos o voleibol internacional, o futsal e ainda o hóquei em patins.

Voleibol Internacional

Depois de no programa eu ter falado da atualidade nacional do mundo do voleibol, vou agora falar da atualidade internacional com apenas um apontamento sobre a segunda mão do Fonte Bastardo na Turquia que ditou a sua eliminação.

O Fonte, depois de perder na primeira mão por 1-3, venceu por 3-2 com os parciais de 25-23, 25-21, 27-25,25-22 e 15-9 na segunda mão de ontem, mas mesmo assim o Fonte foi eliminado nesta dupla jornada na Turquia.

Os açorianos entraram muito bem em busca de conseguir dar a volta a esta eliminatória e acabaram por vencer o primeiro set. No segundo set houve muito equilíbrio e os turcos levaram a melhor e no terceiro, como demonstram os parciais, mais uma vez muito equilibrado e, mais uma vez, os açorianos levaram a melhor. Depois de estarem obrigados a vencer os dois sets seguintes, os açorianos perderam o quarto set e foram assim eliminados, mesmo vencendo o último set que serviu apenas para cumprir, porque a equipa portuguesa tinha sido já eliminada.

Além do Fonte, o Ankara, que vai enfrentar o Benfica na próxima fase, venceu os israelitas do Hapoel Kfar Saba, com duas vitórias nas duas mãos. Os turcos estão muito fortes, já falei deles aqui quando falo do voleibol, mas nestes dois jogos deu para ver mais uma vez, que, apesar de favoritos, os encarnados vão ter uma missão complicada.

Ainda na Challenge, além do Fonte e dos turcos, destaco o duelo de franceses que ditou a passagem do Cannes no frente a frente com o Nantes, num grande jogo de muito equilíbrio e, também, bem jogado. Os parciais foram de 20-25, 25-18, 20-25, 30-28, 15-13, numa vitória de 3-2 do Cannes. Num duelo exaustivo até para quem viu, foi realmente um bom jogo neste duelo gaulês.

Depois das competições europeias, destaco algumas das ligas, começando, claro, pela Turquia, onde o Arkas Spor venceu e alargou para sete jogos consecutivos sem perder. Desta vez venceram o Yuntas, com os parciais de 21-25, 25-19, 25-17, 25-22, e agora o Arkas está a apenas a um ponto dos líderes Fenerbahce.

O İnegöl, que depois de perder por 5 jogos consecutivos, venceu o Plevne por 3-1 com os parciais de 25-19, 22-25, 25-20 e 25-23, com o Moldavo Dmitrii Bahov a ser a figura da partida com 24 pontos e uma exibição que ficou na retina de todos.

Em Itália, o Milano, depois de uma derrota com o Lube, tinha um jogo complicado com o Padova. Como era esperado, o jogo foi equilibrado e muito disputado, mas o Milano venceu por 2-3, com os parciais de 16-25, 25-21, 15-25, 25-15 e de 11-15. O Padova entrou mal e depois tentou gerir o mais possível nunca deixando de procurar a vitória, mas o Milano acabou por ser mais forte e acabou por vencer regressando assim às vitórias. Timothy Maar que conseguiu 19 pontos e Yuki Ishikawa com 17 pontos foram as figuras maiores desta vitória do Milano.

No Brasil, o Taubaté venceu o Blumenau  por 3-1 com os parciais de 23-25, 25-18, 25-17 e 25-16 e mantém, assim, a invencibilidade na Superliga Banco do Brasil 20/21.

Era a terceira jornada disputada no ginásio Sebastião Cruz, em Blumenau. e o Taubaté venceu sem dar hipóteses. Foram bem superiores com o atacante Maurício Borges a ser a maior figura desta partida.

Ainda no Brasil, realizou-se o grande jogo que ditou a vitória do Minas por 3-2 sobre o Sada/Cruzeiro. com os parciais de 26-24, 25-23, 23-25, 11-25 e 17-15, na Arena do Minas, em Belo Horizonte, a contar para o encerramento da terceira jornada da competição.

O Minas, que vencia o Sada/Cruzeiro por 2 a 0, permitiu o empate, mas conseguiu ganhar no tie-break. Honorato, do Minas, autor de 14 pontos no jogo e uns incríveis 74% de eficiência no ataque, foi eleito o melhor em quadra e Alan, do Sada/Cruzeiro, foi o maior pontuador do jogo, com 22 acertos, todos de ataque – 58% de aproveitamento. Estes foram sem dúvidas os maiores destaques neste jogo.

No feminino, vamos começar por Itália, onde as campeãs europeias do Novara voltaram a vencer, desta feita num jogo complicado e muito suado que valeu a quarta vitória consecutiva. O reultado foi de 3-2, com os parciais de 24-26, 25-20, 25-14,22-25 e 15-13, com Caterina Bosetti a ser a maior figura deste jogo com 23 pontos.

O Novara está agora na segunda posição da liga com os mesmos 16 pontos que o Monza e que o Scandicci.

Na Turquia, o Vakifbank voltou a vencer, desta vez contra o Genclik por 3-0, com os parciais de 25-13, 25-18 e 25-16, alargando, assim, a sua série de vitórias para 13 consecutivas, 13 jornadas sem perder um registo impressionante. Michelle Bartsch-Hackley e Isabelle Haak foram as jogadoras em destaque neste jogo.

No Brasil, o Sesc RJ Flamengo superou as baixas e venceu o Brasília Vôlei por 3-1, com parciais de 14-25, 25-21, 25-19 e 25-10.

No aquecimento, a oposto Lorenne sentiu dores e não pôde jogar. A líbero boliviana Camila Gomez ainda estava em recuperação, como tal a Drussyla foi novamente escolhida como líbero, mas um mal-estar impediu que pudesse jogar e, assim, foi a jovem Marcelle, de apenas 18 anos, que disputou o Carioca pelo Tijuca a assumir a titularidade sendo, mesmo a melhor jogadora em campo.

Ainda no Brasil, mais concretamente no Paraná, o Dentil/Praia Clube iniciou a Superliga Feminina 2020/2021 com uma vitória sobre as estreantes do São José dos Pinhais/AIEL, vencendo por 3-0, com os parciais de 25-13, 25-16 e 25-16.  Com 11 pontos marcados, a dominicana Brayelin Martinez foi a maior figura deste jogo.

Futsal

No futsal, temos duas jornadas nacionais para falar. Começo, claro, pelo Sporting que nestes dois jogos conseguiu duas goleadas.

A primeira por 1-14 sobre a Sanjoanense, que marcou o regresso depois da paragem que a equipa foi obrigada a fazer. Foi um jogo onde o Sporting entrou a perder, mau início de jogo da nossa equipa. Depois carregamos sem pudor e conseguimos muito facilmente empatar, dar voltar e começar a golear uma Sanjoanense que não tinha como parar este Sporting. Ao intervalo o resultado era de 5-1.

Na segunda parte, baixámos o ritmo fruto do resultado e da diferença existente entre as equipas, mas  mesmo assim fomos sempre dilatando a nossa vantagem, terminando num claro e inequívoco 14-1.

Com o Futsal Azeméis foi mais uma goleada e, mais uma vez, com uma entrada menos boa com o Azeméis a marcar primeiro. Foi, por isso, mais um jogo em que entramos a perder, mas rapidamente demos a volta.

A superioridade era muita, principalmente nas bolas paradas onde estamos excelentes na execução. Fomos superiores, mas em jogo corrido tivemos mais dificuldades em marcar, por isso, as bolas paradas foram preponderantes nesta partida. Cardinal, mais uma vez, a ser a figura do jogo.

Nada a dizer destes dois jogos, duas vitórias tranquilas, jogos diferentes, mas ambos com uma coisa em comum, as entradas a perder. Duas goleadas, dois bons jogos do Cardinal e de realçar o crescimento do Mamadu que, claramente, vai subindo muito de jogo para jogo.

O Benfica no primeiro jogo venceu o Burinhosa por 0-2 e o segundo goleou o Elétrico em Ponte de Sor por 0-6. Foram dois jogos fora, duas vitórias para os encarnados. São 3 jogos seguidos sem sofrer golos, mas a qualidade individual é muita e vai se fazendo notar. Com qualidade no 1×1 e uma boa dinâmica, atacam a 4 com grande qualidade e o 3×1, a ser trabalhado com a bola a entrar com qualidade no Fits e no Jacaré, está a ficar cada vez melhor. Apesar dos problemas na defesa nos primeiros jogos e com o fixo, a equipa encarnada tem conseguido não sofrer golos.

Sporting e Benfica lideram com 21 pontos, 7 vitórias em 7 jogos para ambos.

No feminino, na zona norte, o Santa Luzia e o Nun´Álvares lideram com 4 pontos.

O Santa Luzia empatou com o Novasemente por 4-4 com Suka a marcar dois golos. Foi um jogo muito equilibrado entre as duas das equipas mais fortes. Além da Suka, Cris também bisou.

No outro jogo, o Nun´Álvares venceu por 3-1 o Póvoa, com Cátia Morgado a jogar muito bem, mas foi Angelica Silva e Juliana Pinto que marcaram e que fizeram a diferença neste jogo, que permitiu ao Nun´Álvares vencer depois de empatar.

Na zona Sul, os Leões de Porto Salvo perderam com o Golpilheira por 2-3, em mais um jogo equilibrado e de qualidade.

Foram duas equipas fortes num jogo que já se previa disputado e que acabou com vitória do Golpilheira. Ema Toscano e Sara Casalinho foram duas das jogadoras em mais evidência

O outro jogo ditou uma vitória do Quinta dos Lombos por 1-3 sobre o Arneiros, com Kika a ser a melhor jogadora em campo com um golo marcado e uma exibição de alto nível.

Na atualidade internacional, vamos começar por Itália, onde o Pesaro é, nesta altura, líder, isto porque muitos jogos foram adiados e são poucas as equipas que conseguiram realizar os 6 jogos

O Pesaro venceu este último jogo por 4-1 ao Genova. Nada a dizer da equipa do Pesaro que está claramente a melhorar de jogo para jogo. Neste jogo brilhou o Cuzzolino com 3 golos.

Em Espanha, o Barcelona, que tinha regressado as vitórias frente ao Osasuna, voltou a perder, desta vez frente ao Indústrias Santa Coloma que teve no Drahovksy a figura da partida, pois ele bisou, fez um bom jogo e conseguiu o golo decisivo já no final da partida.

O Barcelona ainda não conseguiu vencer no Palau Blaugrana este ano e já leva 5 vitórias este ano. A troca de treinador vai ser provavelmente antecipada, visto que o Barça está muito abaixo, mesmo já tendo vencido a Uefa Futsal Cup, mas nem essa conquista atenua estes péssimos resultados.

O Palma venceu o Saragoça por 5-2 e assume, assim, a liderança em Espanha. A equipa de Antonio Vadillo igualou o Levante no topo da tabela, depois de vencer com mais uma exibição categórica. Mati Rosa fez mais uma bela exibição.

No Brasil, o equilíbrio marcou os oitavos de final da LNF 2020. Das 14 partidas realizadas, dez terminaram empatadas, sendo que quatro dos seis confrontos foram decididos no prolongamento.

Pato e Atlântico ainda não entraram na quadra, pois a equipa gaúcha teve parte da equipa atingida pela Covid-19. De todos, apenas o Magnus conseguiu vencer no tempo regular e, mesmo assim, a equipa que estava com a melhor campanha e melhor ataque na competição precisou de três partes para furar a defesa do adversário.

No primeiro jogo no Paraná, empatou a 0 com o Campo Mourão. Na volta, em São Paulo, o resultado foi de 3 a 1 para o Magnus, que é a equipa que esta um pouco acima de todos.

Já o Minas e o Cascavel empataram 3 em Minas Gerais e por 2 a 2 no Sul. Um terceiro empate a 1 golo 1 no prolongamento favoreceu o Cascavel que tinha tido melhor campanha na primeira volta. O Cascavel vai jogar agora com o Magnus.  Foi até agora o confronto mais entre duas equipas que voltaram este ano a disputar a LNF.

Praia Clube e Umuarama empataram os dois jogos: 3 golos e 2. Precisando da vitória como visitante, o Praia Clube conseguiu o golo da vitória de 2 a 1 quando faltavam 30 segundos para o encerrar do cronômetro. O adversário na próxima fase será o Tubarão.

No feminino, vamos para Espanha para mais uma vez destacar as guerreiras laranjas do Burela que continuam líderes depois de vencer o Alicante por 2-0 com Jeny a ser titular e a fazer um bom jogo. Cristina e Sandra Buzón foram as melhores jogadoras do Burela que continua líder no Grupo B.

Ainda em Espanha, o La Penya Esplugues continua líder no Grupo A, mas neste último jogo foram atropeladas pelas jogadoras do Futsi Atlético de Madrid por 5-0. O La Penya Esplugues não conseguiu encontrar uma forma de travar o vendaval do jogo da equipa de Madrid que impôs a sua lei na primeira parte (3-0). O confronto foi igualado no segundo ato, mas as catalãs não tiveram sucesso. Foram muito ineficazes e, com isso, não conseguiram evitar a primeira derrota da temporada. Porém, o Penya Esplugues lidera seu grupo com 9 pontos.

Em Itália, quarta derrota consecutiva para as jogadoras do Granzette, com o Cagliari a vencer por 8-3. Foi um resultado demasiado desnivelado que penaliza excessivamente o Granzette, isto porque o jogo até foi equilibrado, principalmente o primeiro tempo que foi muito disputado, basta ver que ao intervalo estava 1 a 1. Mas na segunda parte houve  mais erros de marcação, mais falhas e o Cagliari conseguiu através de contra ataques matadores vencer o Granzette. Tainá foi, para mim, a melhor jogadora neste jogo.

Hóquei em Patins

Vamos agora calçar os patins para entrar na atualidade do Hóquei que começa logo com um grande jogo que deu vitória do Sporting por 4-2 sobre o FC Porto.

Depois de o Barcelos receber o Porto, eram duas jornadas complicadas que o Sporting contornou bem, vencendo muito bem este último duelo com uma das melhores equipas do mundo que, mesmo estando mais abaixo comparado com outros anos continua muito forte e já se sabe que com Cabestany a ideia é sempre dominar, por isso uma vitória muito importante. Girão esteve em destaque sendo o melhor em campo.

Continuamos a falhar muito nos livres diretos, claramente um ponto que temos que melhorar muito, até porque em jogos mais equilibrados vai ser um fator decisivo. Mas independentemente disso fizemos um jogo seguro, defensivamente fomos melhores e conseguimos lidar muito bem com a troca de bola do Porto, o que com um Nolito e Verona em tão boa forma fica difícil.

O Benfica, neste fim de semana, derrotou a Oliveirense, num duelo entre candidatos onde os encarnados levaram a melhor com um 3-5 final, mas num jogo onde ficaram evidentes alguns problemas defensivos do Benfica que tardam em ser deixados para trás. Apesar disso, os encarnados conseguiram uma vitória sempre muito importante.

Quando se pensava que iam para uma série mais forte e sem deslizes, o Benfica empatou com a Sanjoanense, 4 a 4. Foi o resultado surpresa da 6ª jornada. Num jogo em atraso, os encarnados não conseguiram levar a melhor sobre uma equipa que melhorou com a paragem, ou seja, em jogo tinham vindo a apresentar graves problemas em vários aspetos do jogo, mas com a paragem conseguiram dar um salto e, assim, surpreenderam o Benfica que, mais uma vez, desliza e volta a perder pontos.

Em outros jogos, a Oliveirense veio jogar bem perto de mim, a Almeirim, vencer o Tigres por 1-5. Vitória incontestável num jogo bem tranquilo da equipa de Oliveira de Azeméis.

O Porto também tinha um jogo em atraso e também o venceu. O resultado foi de 6-0 num duelo com o Valongo que tem sido das equipas em maior evidência neste campeonato, mas que não conseguiu parar um Porto muito forte. Foi o melhor jogo do Porto até agora. Gonçalo Alves está cada vez mais confiante e as dinâmicas da equipa estão cada vez mais bem trabalhadas. Tiveram um mau começo, mas estão claramente em crescendo e os próximos jogos vão colocar em teste isso mesmo.

Sporting também aqui é líder com 19 pontos com menos um jogo, seguido do Benfica com 17 e o Valongo empatado com o Tomar com 16.

La fora, em Itália, os jogos foram adiados e provavelmente só devem voltar em dezembro

Em Espanha também vários jogos foram adiados, mas o Lleida é o novo líder da OK Liga, depois de vencer o Réus, num jogo em atraso da 6ª jornada. O resultado foi de 3-5, com Oriol Vives a ser o homem do jogo, ele que foi o primeiro a marcar. No Réus, Marin esteve um pouco abaixo neste jogo.

O Barça segue em segundo com menos um ponto e o Réus com menos três.

No feminino, o Sporting foi a Massamá vencer o Stuart por 1-9, mais um bom jogo desta equipa e mais uma vitória importante. As gémeas Lopes estiveram mais uma vez em evidência. Depois do último jogo de Margarida Florêncio com o Tojal, foi agora a mana Inês a fazer um último jogo marcando inclusive um golo, mas foi Ana Catarina novamente a ser a melhor marcadora. A craque leonina marcou 3 golos em mais uma vitória tranquila e bem clara do Sporting.

Já o Benfica venceu fácil o Campo de Ourique por 14-0. Nada a dizer numa vitória mais do que tranquila e o primeiro jogo sem sofrer golos.

O Tojal-Vilafranquense foi adiado, por isso Benfica é líder com 21 pontos e continua a ser a única equipa sem perder.

Na zona centro, tínhamos um duelo entre as líderes. A Académica recebeu e perdeu com a Sanjoanense por 2-3, com Marega e Balonae a serem as marcadoras e as maiores figuras da partida. Mesmo com a derrota, a Académica de Coimbra lidera com 15 pontos contra os 12 da Sanjoanense que tem menos um jogo. Na zona norte os jogos foram adiados.

Por este sábado é tudo, espero realmente que todos estejam bem. Segunda parte de três do protagonismo que aqui damos às modalidades. Mais atualidade amanhã de outras modalidades, por isso não percam e já sabem que aqui damos toda a voz às modalidades.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *