Frederico Varandas um ser humano perfeito e de rara beleza

Nos últimos dias têm sido inúmeras as notícias de promoção e favorecimento da imagem de Frederico Varandas, desde a notícia da SIC no jornal da noite até ao artigo no jornal italiano TuttoSport. O Presidente do Sporting Clube de Portugal, através da influência que tem nos media, tem-se aproveitado de uma situação triste e grave a nível mundial para se exibir.

Na notícia da SIC, Clara de Sousa afirmou que Varandas trabalha 12 horas por dia e ainda acumula funções como Presidente do Sporting.

Já no TuttoSport, jornal de ligações a Jorge Mendes, a notícia é dada como se Frederico Varandas estivesse no papel de voluntário na luta contra a pandemia.

Ambas as notícias apresentam conteúdo falso. Primeiramente não se sabe ao certo qual o papel de Varandas, contudo, é garantido que este suspendeu as suas funções enquanto Presidente do Sporting Clube de Portugal. Em segundo, este não se voluntariou para estar na linha da frente a combater a pandemia, mas sim foi obrigado apresentar-se ao serviço devido ao seu estatuto de militar no atual contexto de Estado de Emergência Nacional.

É incrível a campanha que a comunicação social tem feito a favor de Frederico Varandas, aproveitando-se de algo que já custou a vida a milhares de pessoas em todo o mundo, para enaltecer alguém que apenas cumpre o seu dever de forma obrigatória. Por outro lado, quando Bruno de Carvalho vivia uma situação de desespero ao lado da sua então companheira no hospital por estar em risco a vida da sua filha bebé que viria a nascer, este foi humilhado e crucificado na praça pública pelos mesmos jornais que agora fantasiam Frederico Varandas como sendo o “Doutor Coragem”.

Tudo não passa de uma completa vergonha e repugnante falta de integridade e noção.

Varandas surgiu numa última foto de forma sorridente e bem disposto, rosto claro do desespero que é vivido por quem está a combater dia e noite esta pandemia para salvar vidas.

Contudo, o que me ficou marcado na memória foi a primeira foto pública, divulgada no jornal da noite da SIC, onde Frederico Varandas aparece vestido da cabeça aos pés com um fato de proteção todo ele branco. Algo que me fez lembrar, e perdoem-me a ideia figurativa, um espermatozóide. Isto porque deverá ter sido o único momento na vida de Varandas onde este conseguiu ser competente.

Senão vejamos, bom militar não é. Pois se o fosse não teria enveredado pela carreira política para se libertar das suas obrigações militares. Aliás, foi graças ao seu estatuto político que Varandas conseguiu trabalhar como médico no Sporting durante anos, caso contrário nunca teria entrado no clube. Uma atitude digna de um verdadeiro pelintra da sociedade.

Bom político também não é. Frederico Varandas foi eleito em 2013, como o número dois da lista do PSD, para autarca da Freguesia de Odivelas, tendo que cumprir as suas funções na Assembleia da mesma. Algo que não cumpriu com assiduidade, o que demonstra que é um péssimo político, desprestigiando a classe.

Bom médico fisiatra também não me parece que seja, caso contrário não teria deitado fora uma brilhante carreira para se tornar Presidente do nosso clube.

E Presidente? Também se tem revelado um péssimo Presidente, do mais incompetente que há, por todos os motivos que são públicos e que não vale a pena elencar, porque senão em vez de um artigo teria de escrever um livro.

Frederico Varandas é um polivalente autêntico… É mau em todos os lados.

No meio disto tudo, o que mais me preocupa é saber se Frederico Varandas com tantas horas de trabalho, consegue dormir as suas religiosas 8 horas e ainda tem tempo para a sua corrida matinal, essencial para desempenhar da melhor maneira as suas funções. Tal como este já referiu por inúmeras vezes em entrevistas, quando tinha o objetivo de atacar Bruno de Carvalho, com o facto deste dizer que vivia 24 horas sob 24 horas para o Sporting Clube de Portugal.

É irónico mas não surpreendente, pois tratando-se de um hipócrita nada poderá surpreender. Frederico Varandas tenta sobressair através do argumento de trabalhar muitas horas e ainda por cima “acumulando funções”. Situação que Frederico Varandas e seus submissos, como Rui Pedro Brás, ridicularizaram tanta vez em relação ao anterior Presidente Bruno de Carvalho.

Depois de olhar para a comunicação social e analisar este tratamento único e especial que estão a dar a um Presidente do Sporting como nunca antes visto, sinto que Frederico Varandas para além de ser um extremo aldrabão, porque todo o seu trajeto o comprova, é também um ser humano perfeito e de rara beleza.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *