Recomeça a rolar a bola

Bem-vindos a mais uma semana, onde vou abordar alguns dos assuntos mais marcantes destes últimos tempos. Para esta semana tento guiar-vos pela atualidade do futsal e do basquetebol, numa semana onde pela primeira temos uma ligação maior com o programa “Modalidades com Voz

Futsal

Para começar, a primeira ligação ao programa, lá abordei as polémicas e alguns assuntos mais sensíveis e aqui vou escrever sobre a bola a rolar.

No Brasil, depois de muitas hesitações e depois de muitas equipas sofrerem com a pandemia com muitos jogadores a saírem, alguns até de forma surpreendente vieram para equipas nacionais, mas depois de tudo, a bola voltou a rolar e para a estreia da Liga Nacional de Futsal (LNF) tivemos os atuais campeões, o bicampeão Pato contra o Campo Mourão e foi um jogão, com direito a oito golos e duas reviravoltas.

As saudades do espetacular futsal brasileiro eram muitas e o regresso foi logo em grande. Para recomeçar tudo, os campeões mostraram força e no fim, saíram com a vitória por 5 a 3, na Arena UTFPR, no Paraná.

Os gaúchos do Atlântico começaram por vencer por dois a zero sobre o Marreco, uma equipa que sofreu muito financeiramente com a pandemia. Mas no Atlântico voltou a brilhar, como em tantas vezes, o ala o Cléber que marcou os dois golos, mais uma boa exibição do ala que é jogador para voos mais altos.

Em outros jogos tivemos o Brasília e Praia Clube que se estrearam com um empate, em mais um jogo eletrizante e de muita qualidade. O Blumenau venceu na estreia a equipa catarinense, virando o jogo nos minutos finais da partida contra o Atlântico e, para terminar, falamos também da estreia da equipa com mais títulos da LNF o ACBF que bateu o Foz Cataratas, em Foz do Iguaçu por 2 a 1.

Na Rússia, vamos hoje ter o terceiro jogo na decisão de quem será o campeão russo de 2019/2020, com dois jogos realizados. A equipa do partido comunista russo, o KPRF Moscovo, vai dominando frente ao Ugra Gazprom e a prova disso são as duas vitórias, 2-0 em véspera do terceiro jogo, um 4-2 no primeiro jogo e um 4-1 no segundo. Rómulo e Asadov vão sendo dos maiores destaques no KPRF. No Ugra, a ausência de Chiskala está a ser um grande problema, ele que chegava à final como a estrela da equipa e com 8 golos em 7 jogos, o russo estará quase a ser anunciado no SL Benfica e, por isso, não tem jogado e o Ugra vai sentindo muito a falta dele.

Ainda no KPRF, temos o Lin ou o Raul Gomez com exibições de bom nível e a prova disso foi o golo que cada um já marcou nestes dois jogos, mas ou termina tudo hoje ou então vamos ter ainda mais jogos de grande nível, como tem sido ate agora na Rússia.

Como está a acontecer por cá, em muitos países o regresso está a ser feito aos poucos e, por isso, destaco os amigáveis de equipas onde estão alguns portugueses.

Em França, Ricardinho estreou-se no ACCS com um poker diante do Neuhof, equipa do segundo escalão francês. Os parisienses venceram por 7 a 1 e, também, Bruno Coelho esteve no elenco de Jesús Velasco.

Em Espanha, o Barcelona já regressou e, sem ser revelado o resultado, o português André Coelho já se estreou pelos Blaugranas. Outra equipa, neste caso os belgas do Mouvaux Lille Metrópole, em estágio em França, a equipa de Edgar Varela que jogou no Sporting, já realizou dois jogos. No primeiro venceram o ARB Hamme por 11×3 com dois golos do Varela. No segundo jogo, os belgas voltaram a vencer, desta vez por 4 a 2 diante do FT Charleroi, com Varela a voltar marcar, mas desta vez só um golo.

Continuando pelas equipas belgas com portugueses, falamos do Halle-Gooik, a equipa do Guarda-Redes Cristiano Marques, que depois de um empate contra o Hovocubo por 5×5, goleou o ZVC Renolim Borgloon por 7 a 1. Em ambos os jogos, o Cristiano somou largos minutos e até se foi já mostrando.

Saindo da Bélgica, saltamos para a República Checa onde a equipa do português Cesar Ribeiro, o Svarog, empatou a três golos no primeiro amigável com o Melnik. O Svarog seria também a equipa do ex-Sporting Fernando Leitão, que devido a uma lesão muscular acabou por não ficar. O jogodor viu o seu contrato ser rescindido e já anunciou que vai regressar a Portugal, um cenário parecido com o também ex-Sporting, Deo, mas neste caso por razões diferentes. Deo, que depois de sair do Sporting, assinou com os Romenos do FC Autobergamo, mas a equipa sofreu bastante com a pandemia. Uma crise surgiu e os romenos rescindiram contrato com todos e, com isso, Deo ficou sem equipa e um regresso a Portugal é um cenário provável e que deverá estar em cima da mesa. No entanto, um regressou ao Brasil ou a continuidade na Europa, ou o mercado asiático, são tudo cenários prováveis para um jogador que tem mercado e deverá ter várias propostas.  

Ainda na atualidade, saltamos para África para uma grande novidade. Em 2021 vai começar a liga de Futsal em Angola, que se vai estrear em mundiais, vai em 2021 dar um grande passo para o futuro e desenvolvimento da modalidade no continente africano. Ótimas notícias para a modalidade.

Na Ásia, e com um agregado de 6-0, a equipa do Mes Rafsanjan consagrou-se campeã da liga de futsal Iraniana, derrotando as jogadoras do Saipa, a total superioridade do Mes que ficou ainda mais evidente em cada jogo confirmada nestes 6 a 0 finais.

Basquetebol

Na atualidade do basquetebol, vou falar de alguns jogos que se realizaram e falar, claro, de algumas transferências que na minha opinião merecem ser destacadas e evidenciadas no basquetebol europeu e mundial.

Basquetebol Internacional

Masculino

Na viagem pelo mundo do basquetebol, começamos fora de Portugal, onde ficámos a saber que Diogo Brito, o jovem base português que depois de ter jogado nos 5 anos na NCAA nos EUA, vai ser mais um português em terras espanholas, isto porque o jovem luso, como os rumores indicavam, vai rumar a Espanha, para a equipa do Ourense da segunda divisão espanhola. O base tem muita qualidade, por isso deixamos aqui o desejo de que seja o inÍcio de uma bonita carreira internacional.

Depois de muitos rumores, um dos nomes mais cotados no mercado, Ante Zizic, foi anunciado como reforço do Maccabi Playtika Tel Aviv. Esteve na NBA e chegou a ser apontado como reforço do Barcelona que só o iria contratar se os outros alvos falhassem. Como tal, Zizic estava no mercado e com muitos pretendentes e assim é o regresso do poste à Europa de onde saiu em 2017, depois de ser escolha do draft dos Boston Celtics em 2016.  Ainda por Israel e em outro Maccabi, desta vez o Maccabi Fox Tel-Aviv, que anunciou o base Eidan Alber, ele que regressa assim a Israel e a Telavive.

Também noutra equipa da Euroleague, outro regresso a merecer destaque é o do segundo base de 26 anos, Robin Amaize, que se ficou a saber esta semana que regressa ao Bayern de Munique. Na Sérvia, o KK Partizan NiS Beograd está em vias de anunciar um bom reforço, falo de Andrew Harrison, um base de 25 anos, que jogou no último ano nos EUA na equipa Santa Cruz Warriors, na NBA G League. Chega com bons números e muito provavelmente vai ser daqueles jogadores em evidência ao longo da temporada.

Os montenegrinos do KK Buducnost Voli Podgorica não quiseram ficar atrás de outras equipas da EuroCup e anunciaram dois reforços, o base norte-americano de 23 anos, Fletcher Magee, que o ano passado jogou em Espanha e ainda o extremo da mesma idade, Tyler Hagedorn, ele que é um recém-formado na universidade da Dakota do Sul, onde apresentou um basquetebol de bom nível e chega com bons números e promessas de ser um destaque na equipa.

No Mónaco, com ainda mais ambições de títulos para esta nova temporada, foi anunciada a chegada de Vladimir Stimac, um poste de 33 anos com muita experiência e qualidade. O internacional pela Sérvia chega diretamente do Crvena Zvezda.

Falando de jogo jogado, aquilo pelo qual estamos todos ansiosos. Em Itália, o AX Armani Exchange Milano começou da melhor maneira ao atropelar a equipa do Cantu por 101-71 e assim vencer a supertaça italiana de forma clara. O Milano dominou do princípio ao fim, nunca esteve em causa esta vitória e em destaque com 17 pontos, esteve Kevin Punter, o maior pontuador, mas bom jogo de Datome e Kyle Hines, neste início em Milão.

No Cantu, o grande destaque foi o extremo norte-americano Sha’Markus Kennedy com 16 pontos e 12 ressaltos. Na Polónia, também tivemos a supertaça, com a vitória a sorrir para os atuais campeões Stelmet ZG que venceram o Anwil Wloclawek por 75-66. Foi um jogo muito equilibrado, com os campeões até a entraram pior, mas apesar disso conseguiram dar a volta e ao intervalo venciam por 2 (32-30), mas o jogo continuou equilibrado e, à entrada do quarto período, o jogo estava empatado a 48 pontos. Foram os últimos minutos que definiram tudo, onde os campeões em titulo venceram com um 15:4 e, assim, conseguiram este primeiro título do ano.

Nos destaques, o MVP desta supertaça foi o base de muita qualidade Gabriel Lundberg com 14 pontos, mas o grande destaque e maior pontuador foi o Deishuan Booker, o base norte-americano levou a equipa do Anwill às costas, registando no final 25 pontos e mais uma exibição de mão cheia.

Em jogos amigáveis, tenho a destacar a vitória tranquila dos franceses do Nanterre que derrotou o Reims por 87-71. O base Chris Warren com 15 pontos foi o destaque no Nanterre e o também base Arnas Velicka foi o destaque no Reims com 22 pontos.

O outro amigável que vos trago foi o do massacre do CSKA ao Runa, uma diferença enorme entre as equipas que terminou num claro 102-67 para os russos, com o russo Nikola Milutinov a liderar o CSKA. O poste pontuou por 20 vezes numa equipa que rodou e que dominou do primeiro ao último minuto.

No que diz respeito ao mercado de transferências, começo pelo Brasil e destaco a troca do Flamengo pelo Mineros por parte do base Zach Graham e, ainda na América do Sul, temos a continuidade do extremo Rio Gallegos na equipa do Hispano Americano. Tenho que destacar ainda uma ida para o Japão. Falo do extremo norte-americano Dwayne Evans que, aos 28 anos e depois de uma boa época nos italianos do Sassari, muda-se assim para o continente asiático para jogar nos nipónicos do Ryukyu Golden Kings Okinawa, curiosamente chega da mesma equipa italiana de onde tinha chegado o poste Jack Cooley um ano antes.

Feminino

No basquetebol feminino, temos que começar pela equipa da Letónia do TTT Riga que renovaram com 3 importantes atletas, casos da experiente poste Aija Klakocka-Brumermane, da também poste Zenta Melnika, de 28 anos,  que assim fechou a posição na equipa e ainda a renovação da extremo Karline Pilabere, ela que foi fundamental para que a equipa conseguisse vencer a fase regular na última época com ótimas exibições.

Outra das transferências em destaque foi o anúncio da extremo Klaudia Gertchen para a equipa da CCC. Depois de alguns rumores a equipa anunciou mais uma entrada. Eu destaco esta entrada, porque não podemos esquecer que a CCC apresentou resultados financeiros horríveis devido a esta pandemia, o que levou ao despedimento de muita gente e ao fim da equipa de ciclismo. A CCC é uma marca muito ligada ao desporto e que, apesar da crise, mantém, mesmo que com um orçamento abaixo dos anteriores, a aposta no basquetebol feminino numa equipa que já conquistou o título polaco.

Destacar ainda as sérvias do Radivoj Korac Beograd que anunciaram a rookie norte-americana Sabrina Haines, uma base de 23 anos que chega do Kentucky onde brilhou. É uma jogadora de muita qualidade e que se conseguirem adaptar-se, como se prevê, vai brilhar muito nesta equipa e vai acabar por dar o salto, porque é realmente uma jogadora de qualidade. Destaco também a poste e uma das melhores jogadoras africanas, Aminata Traore, que se muda da liga sérvia para Espanha, neste caso para a segunda divisão. Será a segunda temporada na Europa, desta vez nas espanholas do Club Deportivo La Salle Melilla, ela que em 2019 no seu país natal, no Mali, venceu o título e foi a estrela da equipa, da liga e do continente africano.

Na Turquia, a equipa do Ceyhan Belediyespor anunciou o regresso da extremo Asli Sevinc, ela que aos 40 anos regressa a uma das equipas onde mais brilhou e encantou no basquetebol europeu.

Falando de alguns jogos em destaque de competições e de amigáveis que se realizaram, tenho que destacar o Sporting que venceu a taça do Egipto ao derrotar de forma inquestionável o Smouha por 83-71 no jogo final. Ainda no continente africano, destaco o Stade Tunisien que voltou a vencer o título tunisino, o seu oitavo na história. Dos poucos amigáveis que se realizaram, vou destacar a vitória do Bourges por 85-53 frente ao Roche Vendee, um bom amigável para se ver a forma de algumas jogadoras. Foram várias em evidência e apresentam já um bom nível, mas no caso o grande destaque foi a poste Iliana Rupert com 14 pontos, ela que tem 19 anos e um futuro enorme pela frente e vai-se assumindo cada vez mais como uma jogadora para equipas com outras ambições apesar da idade.

Basquetebol Nacional

Masculino

No que diz respeito ao basquetebol nacional masculino, tenho várias transferências a destacar como o mais recente reforço do Vitoria SC, o base de 25 anos Jaron Hopkins que chega da NBA G League, onde estava no NAZ Suns O extremo, João Gallina, que não se sabia se ia continuar no CAB Madeira e depois de alguns rumores ficou esta semana a saber-se que o João vai rumar aos espanhóis do Grupo Inmapa Filipenses. Assim aos 26 anos e depois de 3 anos na Madeira, é mais um português a saltar para Espanha, ele que merece e que esperemos que consiga brilhar.

Ainda nas chegadas a equipas lusas, tenho a destacar a chegada do poste Maliano Bakary Konate à Académica vindo do Marbella e ainda a chegada à Ovarense do extremo  Isaac Johnson. Aos 22 anos, o norte-americano vai ter a primeira experiência como sénior e fora do basquetebol universitário dos Estados Unidos, onde ele esteve nos últimos quatro anos formando-se e jogando com bons números na App State(NCAA).

Feminino

Mudando para a atualidade feminina nacional, o CAB Madeira garantiu a base montenegrina de 26 anos, Jelena Nikpaljevic, uma jogadora de qualidade. Ainda o CAD Coimbra que anunciou a extremo norte-americana, Ugochi Anudokem, ela que esteve lesionada o ano passado não somando qualquer minuto ao longo da temporada.

Mudando para o Galitos que anunciou Whisper Fisher, que chega com péssimos números, não é uma transferência sonante ou uma jogadora que chegue com números de alto nível, que consigam gerar já expetativa e entusiasmo, antes pelo contrário, visto que ela chega com média de 1.2 pontos na ultima época em 15 jogos. Isto não é um cartão de visita lá muito bom, mas veremos o que consegue fazer por cá.

Para terminar e depois de algumas dúvidas em torno do futuro de Joana Ferreira, se ia ou não continuar na União Sportiva, foi nesta semana que todas as dúvidas foram dissipadas com a Joana a ser confirmada no Maristas Coruna, uma equipa da segunda divisão espanhola que aposta aqui na base portuguesa de 29 anos. No ano passado foi das melhores jogadoras na nossa liga, destacou-se bastante e assim vai regressar a Espanha, país onde tinha estado em 2018/2019 na equipa do Genero também na segunda divisão, mas onde as coisas não lhe correram tão bem e daí o regresso a Portugal. Ela que já brilhou em várias ligas e, por isso, esperemos que ela consiga mostrar muito mais desta vez em Espanha, porque é uma base de qualidade.

Por esta semana é tudo, espero que tenham gostado desta minha condução na viagem pela atualidade do futsal e do basquetebol, nesta ligação entre o programa de ontem e o artigo de hoje

Cuidem-se e até para a semana.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *