Tabata foi avaliado em 20 milhões na sua compra?

O Espartano já tinha avançado com a informação da discrepância dos valores de compra do R&C do 1º Trimestre 20/21 para o R&C do 1º Semestre da Sporting, SAD. Esta informação pode ser consultada aqui.

Com a divulgação do R&C do 3º trimestre, é possível verificar que existe novamente informação adicional relativamente à aquisição do jogador Bruno Tabata que foi adquirido ao Portimonense em setembro de 2020.

Uma aquisição de um jogador que começou por ser avaliado em 5 milhões de euros em setembro e passou a ser avaliado em 10 milhões de euros em dezembro. Esta informação pode ser consultada aqui.

Se observarmos com atenção o R&C do 3º trimestre da Sporting SAD, a informação que temos é a seguinte na página 37…

Como se pode verificar, o Sporting confirma que o valor de aquisição do Tabata foi no valor de 5 milhões de euros.

Se agora estivermos atentos à informação que consta na página 61 do mesmo relatório, e no qual constam os passivos contingentes, verifica-se que a informação que permanece é o mesmo valor que já constava no relatório semestral.

Se o Sporting tem de pagar 75% de um valor de uma futura venda, significa que apenas ficaremos 25% desse valor, o que significaria que seria necessária uma venda por 20 milhões de euros para conseguirmos reaver o valor do investimento.

De qualquer das maneiras, é possível tratar-se de uma gralha de quem fez o R&C e que se tenha esquecido de atualizar a informação do passivo contingente dos 75% de uma futura venda para os 50%, uma vez que neste período ocorreu, também, um acréscimo ao valor da sua aquisição, mas essa situação deveria ser esclarecida pela Sporting, SAD.

Vamos aguardar que exista algum esclarecimento, ou que o próximo relatório de contas referente a informação já se encontre corrigida. Até lá, permanecerá sempre a dúvida sobre os moldes deste negócio.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

O Espartano